Tratamento bucal planejado facilita o acesso aos serviços odontológicos no país



O último mapa da saúde assistencial, divulgado pela Agência Nacional de Saúde (ANS) em 2021, aponta uma queda de 15,8% nos procedimentos odontológicos assistenciais realizados em 2020, se comparado com 2019, antes do início da pandemia.


Em contrapartida, a coleta de dados que está em andamento nas capitais brasileiras e integrará o levantamento nacional sobre as condições de saúde bucal da população, coordenado pelo Ministério da Saúde, deve avaliar o cenário no último ano. Em 2019, a pesquisa apontou que menos de 23% dos entrevistados realizaram uma consulta odontológica pelo Sistema Único de Saúde (SUS) naquele período.


A pesquisa – com previsão de ser publicada ainda este ano – é bastante esperada pelo setor odontológico.

“O cenário econômico pós-pandemia influenciou em todos os setores, inclusive nos cuidados com a saúde bucal da população. No entanto, é preciso criar alternativas para que as pessoas não precisem abrir mãos de tratamentos”, avalia, Josué Florêncio, CEO da Dental Blue.


De acordo com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), a autoavaliação da saúde bucal muda em casos de pessoas com plano de saúde odontológico. 11% dos entrevistados sem plano de saúde odontológico indicaram a própria saúde bucal como “Muito bom”, diferente dos 18,7% beneficiários de planos que indicaram a mesma condição. Munidas dessas informações, empresas do setor privado buscam soluções para diminuir a distância entre a população e os cuidados clínicos com a saúde.


Em Curitiba, a clínica odontológica Dental Blue desenvolveu um projeto chamado de Adesão de Tratamento Planejado (ATP). De maneira prática, o projeto tem como objetivo garantir que os pacientes recebam o tratamento de saúde bucal adequado, permitindo adaptar o tempo e orçamento de acordo com a realidade de cada um, sem a necessidade de plano odontológico.


“Criamos uma modalidade de tratamento planejado que, após uma avaliação do dentista, possibilitamos ao paciente a realização dos procedimentos prioritários de acordo com a renda e capacidade financeira naquele momento. Afinal, a saúde bucal não pode esperar”, Florêncio. O projeto foi desenvolvido na sede da Dental Blue, em Curitiba.


De acordo com a cirurgiã dentista, Isabella Sant’Anna, ir ao dentista é uma necessidade que deve ser atendida a cada 6 meses, evitando o aparecimento de doenças bucais.


“Diariamente diagnosticamos pacientes com doenças bucais, inclusive cárie e gengivite, e que só são diagnosticadas indo ao dentista. Uma manchinha no dente ou uma gengiva que fica sangrando quando passa fio dental são exemplos de problemas que conseguimos solucionar rapidamente, se forem tratadas logo no começo. No entanto, se forem deixadas de lado, podem se tornar um problema maior e de maior custo também”, pontua a profissional.


Trabalho x cuidado com os dentes – Muitas pessoas acabam adiando visitas ao dentista, tendo como desculpa problemas de trabalho ou afazeres que consideram mais importantes. Mas os dentistas reforçam constantemente que a regularidade das visitas ao consultório é fundamental para prevenção, preservação dos dentes e para evitar o aparecimento de problemas futuros.


O cantor gospel, Nani Azevedo, é um exemplo. Ele possui uma agenda de shows intensa e teve como desafio encaixar idas ao dentista durante sua passagem por determinadas cidades. Recentemente, fez o tratamento de implante de facetas de resina, em Curitiba. Na oportunidade, ele disse que se preocupa em não deixar que a saúde dos dentes se torne uma emergência.


“A minha agenda é complicada porque eu trabalho com música. Às vezes faço de 15 a 18 cidades por mês. Mas não posso deixar de cuidar da saúde da minha boca. Isso porque, como cantor, estou em constante exposição na mídia, gravo vídeos, participo de sessões fotográficas e realizo shows. Todas estas atividades estão relacionadas com o meu sorriso e este tratamento me traz mais segurança “, destaca o artista. Dental Blue – A Dental Blue é uma clínica multidisciplinar que oferece soluções odontológicas, com capacidade para realizar mais de 3.700 atendimentos por mês. Possui uma estrutura compacta, pensada para atender as mais diversas especialidades da odontologia, com profissionais atualizados, espaço moderno e dinâmico. O atendimento é feito de forma humanizada, por especialistas comprometidos com a melhora da qualidade de vida das pessoas, por meio de técnicas que priorizem o cuidado e a saúde dos pacientes.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square