Pacientes recuperados de COVID-19 apresentam casos de osteonecrose no quadril





A perda de olfato e paladar são alterações comuns em pacientes que foram infectados pelo vírus da COVID-19, mas não são as únicas possíveis consequências relacionadas à doença. A osteonecrose do quadril é um quadro que vem sendo observado em pacientes com queixas de dor no glúteo e na coxa.


De acordo com um estudo da Universidade Thomas Jefferson, na Pensilvânia (EUA), intitulado "Considerações Ortopédicas Seguidas da Covid-19", estima-se que 40% das vítimas de quadros graves da doença, tratados com altas doses de corticoide, podem apresentar essa alteração em um período de até três anos após a infecção, ressaltando a necessidade de acompanhamento médico.


Segundo o ortopedista especialista em cirurgia do joelho e quadril, Dr. Lucas D'amico, a osteonecrose é a falta de irrigação sanguínea no osso. "Houve um aumento dos casos de osteonecrose, que é um infarto ósseo com morte de parte dele, vista principalmente no quadril. Pode levar a dores fortes no quadril e na coxa, fazendo com que o paciente conviva com dor e comece a mancar, o que pode trazer consequências importantes na qualidade de vida", afirmou.


Estudos divulgados apontam a relação da doença com as altas doses de corticoides empregadas contra a COVID-19, com o objetivo de aliviar inflamação e problemas pulmonares, mas que têm como efeito colateral a possível inibição de mecanismos de funções ósseas.


"A medicação aumenta o risco de alterações nas células formadoras de ossos e até mesmo, a morte dela, causando danos na circulação e, consequentemente, a osteonecrose", esclarece D'amico,



Sintomas - Entre os sintomas estão dor intensa e aguda, inchaço, dificuldade para apoiar o membro e para caminhar pequenas distâncias. Casos graves podem exigir cirurgia para tratamento.


"Do ponto de vista médico o desafio da pandemia é ainda maior, com as possíveis consequências da infecção ou do próprio tratamento do Coronavírus sendo descobertos ao longo do tempo. Não se sabe ao certo se a osteonecrose é consequência do vírus ou do uso de corticóides, porém fica o alerta de que nem todas as dores decorrentes da doença são devido ao quadro gripal", alertou o ortopedista.


Diagnóstico precoce - O diagnóstico precoce ajuda no melhor esclarecimento desses casos. O ideal é agendar uma consulta médica em caso de sintomas, o mais breve possível.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square